"As Frutas e os Vegetais Inglórios"

"As Frutas e os Vegetais Inglórios"

inglorious-fruits-and-vegetables-v800

A maça grotesca, a batata ridícula e o limão falho fazem parte das toneladas de frutas e verduras desperdiçadas ao logo do ano. Estima-se que a Europa desperdiça mais de 300 milhões de toneladas de verduras deformadas por ano – porque os supermercados simplesmente não podem vendê-los. Aqui no Brasil, o número chega a 26,3 milhões de toneladas ao ano – ou seja, 39 mil toneladas por dia, segundo dados da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Pensado em reverter esse número catastrófico e conscientizar a população, a União Europeia declarou 2014 como o Ano Europeu contra o Desperdício de Alimentos. Com isso, para combater o desperdício algumas instituições desenvolveram ações de conscientização como é o caso do projeto Fruta Feia. Um rede de empreendedores criaram uma cooperativa em Lisboa, um verdadeira xepa, onde é possível comprar na mão dos fornecedores os alimentos considerados “feios e defeituosos”, mas que ainda assim prezam sabor e valor nutricional.

Outra ideia brilhante, foi a campanha da rede de supermercados Intermarché na França, que decidiu dar destaque aos deformados e imperfeitos lançando a campanha “Les fruits et legumes Moches”, que na tradução livre fica: “As Frutas e os Vegetais Inglórios”.

Para reforçar que as deformidades não interferiam no sabor dos alimentos, além de dar descontos de 30% nestes alimentos, a rede ainda distribuiu sucos e sopas feitos com frutas e verduras deformados. Com a campanha, a venda destes itens teve um aumento 60%, como é dito no vídeo.

Foto: Divulgação